Sunday, August 30, 2009

Ser mae e' muito mais do que um parto!


Outro dia, acessando o Orkut de uma amiga me deparei com um slogan e uma foto horrivel. Mostrava uma cruz vermelha com uma bonequinha crucificada e dizia:

Cesarea? Minha barriga nao tem ziper! Nao obrigada!

Ao lado da cabeca da bonequinha crucificada na cruz vermelha tinha uma especie de bandeira. Achei super ofencivo e quase nao acreditei no que estava vendo. Tao radical que lembrei do Hitler e seu movimento em pro' de uma sociedade pura.

Resolvi entao fazer um research na net e encontrei mais radicalismo. Enquanto eu lia o artigo dizendo que cesaria nao e' parto, que voce so' se sente mae quando sente o seu bebe, etc, etc, etc... Pensava, nossa! Como podem existir movimentos radicais como este e como as pessoas possam aderir a esse tipo de radicalismo.

Sabe, nos meus ensinamentos aprendi a Nao Julgar o Proximo! em qualquer circustancia. E confesso que respeito o fato de pessoas acharem que a forma mais pura de trazer um bebe ao mundo e' pelo parto normal.... Mas Gracas a Deus que existem as cesarias, pois muitas mulheres moreriam se nao pudesse fazer cesaria. A cesaria salva muitas mulheres e bebes hoje em dia. E nenhuma mulher sabe se na hora H nao vai precisar de uma.

A maneira que uma mulher decide trazer um bebe ao mundo e' tao pessoal e intima, que nao deveria ser motivo nem de discussao.... Apesar que eu acredito que o parto e' somente um momento e ser mae e' muito mais do que isso. Conheci muitas maes que adotaram seus filhos e sao maes maravilhosas. Ser mae e' amor, carinho, educacao, e' estar pertinho sempre, e dar colo, ser mae e' maravilhoso independente do parto!

Outra coisa que aprendi e' Respeitar ao Proximo como a si mesmo! Por isso achei tao ofensivo esse tipo de slogan. Imagine: - Minha barriga nao tem ziper! O que e' isso? Essas pessoas estao se gabando de nao ter uma cicatriz? ... Cade o repeito ao proximo? ...Que triste pensar que pessoas cultuam esse tipo de movimento.

Ja' dizia a minha mae: - Nao guspa para cima que cai na sua propria cara!

Voce nunca sabe se amanha precisara' de uma cirurgia de urgencia ou sofrera' um acidente... Entao porque se gabar por nao ter uma cicatriz tao minima e tao discreta e tao escondida???

Muito triste.... Principalmente por que a gente sempre espera um mundo melhor, mais evoluido... O radicalismo sempre mostrou ser a destruicao do proprio ser humano e um passo pra tras na sua evolucao.

Antes de aderir a qualquer movimento, pense se ele e' positivo e educativo ou radical!

...eu ainda quero acreditar no ser humano!

Abracos a todos,
Denise

14 comments:

Rachel Ripardo said...

Olá Denise,

realmente é muito triste encontrar idéias assim, e pior ainda pensar que nós também podemos ter estas idéias, mas relacionadas a outras coisas.

é um exercício constante repensar nossas idéias sobre o mundo.

abraços e parabéns pela discussão do tema.

Marcia said...

Oi Denise, sou uma mãe super dedicada e tive dois filhos de parto cesárea, amamentei os dois apesar de ter passado por dificuldades e quero compartilhar com vc a repulsa por movimentos radicais. Acho muito nocivo julgar a qualidade da mãe pelo tipo de parto ou pelo tempo de amamentação. Eu não me obrigava a conseguir o parto normal mas vejo ma~es se punindo por não terem conseguido, isso é horrível, atrapalha a relação da mãe com o bebê. Eu tive pouco leite e como acreditava que uma boa mãe nunca daria uma mamadeira para seu filho, sofri demais, desnecessariamente. Consegui amentar meu 1o filho até 1 ano mas em compensação ele entrou em desnutrição aos 2 meses de idade. É preciso tomar muito cuidado com esses radicalismos sob pena de destruir relações mae/bebê. Parabéns por abordar um tema tão importante e interessante.
bjs
Marcia

Maple Syrup com Fubá said...

Oi De,

Tudo bem?

Muito valida e importante as observacoes que vc fez nesse post. Obrigada por mostrar o outro lado da moeda sobre esse assunto tao polemico.

Eu nao acredito que a intencao da pessoa que pos essa foto no orkut, foi de ofender maes que passaram por parto cesarea. Ou de anunciar um movimento radical ao qual ela agora faça parte.

Esse assunto, por ser por natureza polemico, sempre vai fazer gerar atritos com o grupo a favor de parto cesarea.

Quando um dos lados se expressa publicamente (parto cesarea, parto normal), o outro lado eh provavel de se sentir invadido.

E nao eh so com esse assunto. Eh tambem com a questao Pro-Vida-Pro-Escolha, Escola- Homeschool, Breast Milk - Bottle Milk, Eutanasia- Vida, etc.

Sempre que alguem se expressar publicamente dizendo qual eh a sua preferencia, o outro lado tambem precisa (e deve) se expressar.

Sao com discussoes assim que poderemos (quem sabe num futuro proximo) chegar a algum "middle ground".

O dia que eu for mae, eu quero ter parto normal, porque eh assim que eu envisiono acontencendo. Quando eu disse que concordava com aquela foto, eu estava expressando a minha preferencia.

Agora vendo o outro lado da moeda, concordo que a foto eh um pouco radical demais e que pode ofender quem passou por parto cesarea. E que existem outras formas de se expressar a preferencia por parto normal.

Embora essa seja a minha preferencia, eu nao sou contra a cesarea quando a mae ou a crianca correm risco de vida.

Concordo que com a cesarea muitas mulheres pararam de morrer e foi um avanço na medicina. Mas minha preferencia, o dia que eu estiver gravida, e se eu tiver uma gravidez tranquila, sera por parto normal.

E te peco do fundo do meu coracao, para nao ficar magoada nem comigo, nem com a pessoa que pos a foto. Sinceramente, eu acredito que essa foi a forma dela expressar sua preferencia, e nao declarar guerra e ofender.

Ser mae (ou pai) eh sem duvida nenhuma, muito mais do que o parto e a gestacao. Eh estar sempre presente e participando na vida dos filhos.

Vc eh uma mae maravilhosa e me servira de exemplo no futuro. (proximo eu espero!)

Podemos nos encontrar no fim de semana para um bolo e chazinho?

beijos

Paula

Sweet Canadian Life said...

Oi querida Paula,
Muito obrigada por voce ter expressado a sua opiniao. Eu nao sou contra ou a favor a nenhum tipo de parto. Lembre-se que eu disse: Nao julgai???
Eu escolhi sim a cesaria como a maneira de trazer minhas filhas ao mundo. Eu tive uma gravidez tranquila e saudavel, mas optei por uma cesaria programada. Mas por que? Porque vi pessoas muito proximas de mim morrendo em parto normal! Para comecar, minha bisavo' faleceu no parto. Minha mae teve um parto muito dificil. Eu deveria ter nascido de cesaria, mas naquela epoca o hospital que minha mae deu a luz so' fazia cesarias em ultimo ultimo caso. As freiras eram contra. Minha mae conta que meu parto foi horrivel. Eu nasci toda machucada e carrego comigo as marcas do meu parto ate' hoje. Quando era pequena falava: -Mae, eu nao quero ter filhos porque nao quero morrer! Quando eu era adolecente uma amiga ficou gravida. Como ela era jovem resolveu fazer parto normal. O parto foi muito complicado. Esperaram muito para fazer a cesaria e acabou que ela e o bebe morreram. Foi horrivel!!!!
Ainda lembro dela no caixao!
Ja' dizia uma amiga obstetra: Parto normal e' normal ate' dar alguma coisa errada…. E quando sai errado cada segundo conta. Ela descrevia um parto enquanto fazia residencia num Hopital Publico da Zona Leste de Sao Paulo: - Era o 5o filho daquela mulher. Tudo parecia ser tao tranquilo e acabou sendo um grande pesadelo.
E' por isso que eu digo: - Nunca julgue!!!
As escolhas que cada um faz na vida nao devem nunca serem julgadas…. Lembre-se que a gente tem livre arbitrio, nao e'?
Mas ao mesmo tempo, frases e figuras ofensivas como: - Minha barriga nao tem ziper! Fazem-me pensar que o ser humano hoje nao tem respeito nenhum ao proximo…. Isso e' uma especie mesmo de invasao! Existem muitas maneiras de voce expressar suas escolhas e nao invadir ao proximo.
Essa frase merecia uma resposta a altura…. Mas eu nao vou fazer isso, pois respeito a todas as pessoas que decidem ter seus filhos por parto normal, cesaria, de baixo da arvore, em casa, dentro da agua! O nascimento de uma crianca e' algo tao magico que eu acho simplesmente INVASIVO alguem expressar qualquer opinaio sobre isso…
E novamente: o parto e' so' um momento!!! Que passa!!!! SER MAE NAO E' DAR A LUZ…. Uma mae adotiva pode ser muito melhor mae do que uma mae que deu a luz em parto normal…. E ja' foi provado que maes adotivas sao mesmo especiais. Ser mae e' carinho, amor, estar presente supportando a crianca, educando, dar colo. SER MAE E' AMOR!!!
Entao quem sou eu para julgar as suas opcoes? Quem sou eu para julgar as suas preferencias!
Mas ao apresentar as minhas preferencias, e' minha responsabilidade RESPEITAR ao PROXIMO!
Espero que voce tenha entendido o meu ponto!
Beijos,
Denise

Sweet Canadian Life said...

Ah, claro que vamos combinar um chazinho e um bolinho. Que tal Bolo de Milho?
Beijos,
Denise

Maple Syrup com Fubá said...

Oi De,

Sim, eu entendo o seu ponto. Obrigada por sua sinceridade.

Bolo de milho me parece delicioso! Yummy!

Ou se ainda estiver tempo bom, que tal um gelato naquele lugar que vc indicou no outro post? Me deu vontade de experimentar.

beijos

Paula :)

Temperatura Máxima no Canadá said...

Olá, tudo bem?

Concordo com vc, acredito que esse tipo de discussão nem deveria existir. É ridícula essa manifestação...

As pessoas que apoiam esse tipo de movimento, provavelmente, não passaram por complicações que as levariam a terem um "ziper" na barriga. Gostaria e saber como elas se sentiriam se estivessem entre a vida e a morte na hora do parto, será que elas optariam pela morte, só pelo egoísmo de assumir uma cirurgia que é tão normal qto qq outra?

Ainda não sou mãe, mas tenho certo em minha mente que qdo meu beber vier ele nascerá como ele quiser...rsrs

Bjão

Rosi

Lucianna said...

Acredito que o problema eh a forma que a cesaria foi banalizada, eu honestamente sou contra parto por cesariana mas sei da importancia do mesmo, quantas vezes eh a unica solucao e quantas vezes salva vidas, mas nao concordo, nao aceito como ela eh tratada no Brasil, onde vc vai na primeira consulta pre-natal e o medico ja diz quando sera a cesaria, e as mulheres acreditam que essa eh a melhor forma de nao entir dor, mas nenhuma tem nocao das complicacoes de uma operacao de barriga aberta, sem contar que o bebe eh forcado a nascer antes de estar pronto...

Cesaria eh necessaria quando eh necessaria, e deve assim se tratada e nao como fulga de dor...

Tratemos do assunto sem exageros e se extremismos

Sweet Canadian Life said...

Oi Lucianna,

Se ai no Brasil se passa a ideia de que e' uma forma de nao sentir dor ter cesaria, nossa, as coisas estao distorcidas mesmo.

Como eu disse anteriormente, eu optei pela cesaria. Minha opcao. Intima e pessoal! Mas sabia que a dor era muito maior do que a de um parto normal. Mas foi a minha opcao. Acho que as pessoas devem analisar os pros e contras de cada opcao. Tenho amigas obstetras que optaram por cesarias. Mas sao escolhas, entende?
Sao escolhas conscientes!
Voce falou tudo... O que eu nao gosto e' do extremismo! Sejamos conscientes e respeitemos as escolhas de cada um.
Abracos,
Denise

Paula said...

Eu tenho 3 zippers, entao!!!!!!!!!LOL

Acho que ser boa mae e quem acorda de madrugada pra ver se a febre ja passou ou se o filho adolescente ja chegou; E aquela que se preocupa com a alimentacao desde a gravidez. E aquela que se modifica a cada dia, tornando-se mais forte pra dar bons exemplos aos filhos. E aquela que tem a certeza de que esta passando todos os seus valores, pra seus filhos poderem crescer justos, honestos e contribuirem pra um mundo melhor.E aquela que sabe dizer NAO, mesmo sabendo que tera uma cara emburrada olhando pra ela pro resto da semana.
Ser boa mae e a tarefa mais dificil do mundo. Vc se esforca ate nao ter mais forcas e pede a DEUS que o resultado de seu trabalho seja bom. Na minha opiniao, ser uma boa mae e nunca desistir de educar e fazer seus filhos assumirem a responsabilidade de suas acoes mesmo quando as penalidades sao duras.
De, nao pude deixar de colocar meus 2 cents aqui porque ser mae ou pai e muito facil. Todos nos sabemos como fazer e a dor do parto ou da cesaria passa logo, agora ser "boa mae", a gente sabe muito bem que e ralacao pura, apesar de ser maravilhoso!!!
Tive 3 cesareas e me sinto muito mae!!!

Sweet Canadian Life said...

Paula,

Voce disse TUDO!!!!

Muito sabia e profunda as suas palavras!

Beijos amiga!
De

Marilena said...

Oi Denise, pra variar seu post foi otimo. Eu me identifico muito com vc e fiquei mais animada em saber que com o tempo vc se acostumou com o jeitinho canadense.
Meus filhos nasceram de parto normal apesar do meu médico ser favorável à cesaria.
Apesar da minha escolha pessoal, eu acho que um assunto como este nem deveria ser discutido, né? Cada um tem que saber o que é melhor pra si.
Uma amiga acabou de dar à luz a um menino lindo e saudavel e escolheu a cesárea. Está lá super bem com o seu ziper novinho e eu não consigo acreditar que ela não seja uma boa mãe.
Vou tentar me aprofundar no assunto porque já faz algum tempo que esta corrente do parto normal a qualquer custo tem me incomodado. Acompanhando esta corrente estão as correntes contra a episiotomia, a da amamentação a qualquer custo e eu já vi coisas horriveis acontecerem simplesmente porque as pessoas são radicais. Se ser mãe fosse só isso seria muito facil, né?

Vamos marcar alguma coisa sim. Meu e-mail é marcosta@usp.br

bj

Bubusca said...

Tudo o que é radical deveria ser deixado de fora de nossas vidas. Eu tive dois filhos de parto normal (com peridural), mas não foi escolha minha, simplesmente aqui na Bélgica não se fala em cesária, a não ser em caso de necessidade. Então eu não tenho do que me gloriar. É a mesma coisa com a amamentação. Onde já se viu culpabilizar uma mãe por causa de sua maneira de dar à luz ou de alimentar seu filho? Ser mãe vai bem além disso tudo. Abaixo o radicalismo e viva a liberdade de escolha.

Tereza (Bruxelas)

Mariana said...

Concordo 200% com vc. Estou grávida e não aguento mais o povo me desrespeitando pela minha escolha de fazer uma cesariana. Que ódio. O corpo não é deles!!!
Eu vi esse site que vc falou da bonequinha cruxificada. Além de desrespeitoso, é machista. É um radicalismo típico de regime taliban submeter as mulheres a esse tipo de pressão, quando a decisão deveria ser só delas.
Acho que a galera confunde muito "se sacrificar no parto" com "se sacrificar pra ser uma boa mãe". Eu não quero me sacirifcar no parto justamente pra depois te forças pra ser uma mãe melhor.

Bjos pa vc