Friday, August 28, 2009

Fertilizacao em Vitro para moradores de Ontario

O governo de Ontario devera' financiar ate' 3 ciclos de Fertilizacao em Vitro para mulheres com menos de 42 anos, de acordo com Report divulgado na Quarta-Feira passada.
Um a cada 6 casais tem problemas de fertilidade e a maior barreira para estes casais e' com certeza o alto custo do tratamento de fertilidade.
Hoje, o custo de um ciclo de IVF e' cerca de $10.000,00
Por causa desses altos custos, muitos casais decidem implantar varios ovulos resultando assim em multiplos fetos: gemeos ou trigemeos. Em Ontario, a taxa de multiplos nascimentos em 2006 for de 27,5% comparado com 10% em anos anteriores. Essas gravidez multipla transforma uma gravidez normal em gravidez de risco e com ela altos custos para a Provincia na area medica durante a monitorizacao dessa gravidez de risco, aumento de exames e no parto com o aumento de nascimentos prematuros e suas consequencias.
A Provincia de Ontario quer reduzir essa taxa de gravidez multiplas para 15% em 5 anos e 10% em 10 anos.
Acredita-se que o valor a ser devolvido sera' atravez de Tax credit. Lembre-se que todos os exames pre-tratamento incluindo exames de sangue, analise de DNA, ultrasounds entre outros ja' sao cobertos pelo OHIP hoje.
Mas e os altos custos dos remedios? Hoje eles sao geralmente cobertos pelo Insurance oferecido pelas empresas no Canada.
Com tanta vantagem, um tratamento de IVF esta' ao alcance de todos aqueles que queriam ter filhos.
Mais informacoes em breve!
Abracos a todos,
Denise

5 comments:

Marcia said...

Valeu pela boa noticia!!! Espero que esta medida seja adotada logo. Bjs,

Ma said...

Olá!!

tudo bem??
adorei as informações que vc passou!! ainda mais que irei para o Canadá já com 32 e até acertarmos nossa vidinha de novo começando do zero, acredito que só pensarei em filhos beirando os 40, o que aumenta demais o risco de infertilidade... Ótima notícia mesmo!!!! Valeu!!!

abraços!!

Marilena said...

Apesar de não ter problemas com fertilidade (menos ainda querer mais filhos, rs) eu achei a noticia maravilhosa. Eu gosto muito desta filosofia adotada pelo sistema de saude daqui. Se pensarmos bem, com esta ajuda do governo eles diminuem o número de gestações de risco e também os gastos do governos com estas gestantes. Do jeito que a saúde é cara por aqui pode ser que acabe saindo mais barato para o governo, né?

PS: o pediatra das minhas crianças no Brasil sempre dizia que criança com comida na mesa não passa fome. Eu sempre ensinei meus filhos a comerem através de exemplos. Com o nascimento deles passei a comer de tudo e eles acabam me seguindo. É claro que existem as preferencias pessoais mas eles aprenderam a comer pelo menos um pouquinho de tudo. Aqui em casa a hora das refeições é sempre muito tranquila: nos sentamos todos à mesa e aproveitamos o tempo para conversar, brincar e comer, é claro. De vez em quando um suco suja a toalha e a roupa, ou um arrozinho cai no chão, mas no geral é bem divertido.

bjs

Carlos ( KK ) said...

Fico impressionado com notícias como essa. Todos os países devem aprender com o Canadá... Trabalhar Medicina preventiva.

Maple Syrup com Fubá said...

vou repassar essa informacao para uma amiga. Obrigada.
beijos