Friday, February 26, 2010

Pressa nao leva a nada: so' a uma queda na neve

Apesar de estar bem descolada em termos de inverno, a gente sempre acaba fazendo umas bobagens e se dando mal. Durante o inverno eu so' uso botas de neve para andar na rua, pois voce nunca sabe quando vai nevar. Deixo sempre um sapato no office pra trocar.
Nao foi diferente minha rotina dessa Segunda-Feira. Estava usando botas de cano longo, mas tinham solado para neve apesar de serem mais fashions.
Acabei saindo do Office atrasada para pegar o trem e encontrar a minha amiga Sara, entao resolvi pegar um shortcut e atravessar fora do sinal. Nao deu outra, assim que coloquei o pe' fora da calcada, acho que tinha black-ice misturado com neve fresca, perdi o equilibrio e cai com tudo no chao. O pior e' que ninguem viu! Apressadamente levantei, mas toda dolorida. Claro que acabei tambem perdendo o trem. Na queda machuquei minhas costas, braco e cabeca.
Na quarta-feira percebi que estava me sentindo tonta e fui a Walkin-clinic em Toronto perto do trabalho. O medico olhou pra mim e me deu um papel para levar na emergencia de um hospital para o ct-scan da minha cabeca.
Acabei indo na Emergencia do Hospital aqui perto de casa. Fui atendida super rapidinho e o medico foi um amor. Olhou o meu sobrenome e disse em portugues: - Voce fala portugues? Eu disse: - Sim, falo portugues do Brasil. E o elogiei: - Voce fala portugues muito bem, aonde aprendeu? Ai ele me contou que o pai era Suico e a mae portuguesa, mas em casa ele nunca falou portugues. Aprendeu mesmo quando foi passar uma temporada em Portugal... Apesar de muito gentil, e perceber que ele estava querendo falar portugues, acabei mudando para o ingles mesmo.
Ele me fez todos os testes neurologicos e perguntou se eu queria um ct-scan. Me disse que esses exames emitem muita radiacao e que eu nao tinha o sintoma principal que indica um problema mais serio no cerebro: vomito, ansia de vomito ou dor de estomago. Pois e'! Esses sintomas estao diretamente ligados com um problema mais serio na cabeca.
Resolvi nao fazer o tal ct-scan, mas ele me pediu pra voltar se a minha dor de cabeca e tontura nao passasse em uma semana. - O que devo tomar agora dotor? Ele respondeu: - Tylenol e descanso.

5 comments:

Sandro e Família said...

Tenho certeza que não será nada e logo estará recuperada do tombo do inverno, mas incrível é como o famoso Tylenol não falta em qualquer consulta médica aqui em terras do norte....será que tem comissão para os médicos...rss !!!

Abraço

Maple Syrup com Fubá said...

Oi De,

tambem ja levei um tombaço na neve no degrau da outra casa que morava.
Estava usando aqule sapato brasileiro "sidewalk".
Ninguem viu tambem, mas eu fiquei tao desorientada que nao consegui levantar tao rapido como vc. Eu com certeza tive uma concussion. Fiquei sem conseguir me levantar por um bom tempo. E ninguem aparecia!!
Na epoca nao estava preocupada com minha saude e nao fui no medico. Bom, estou aqui para contar a historia, entao ja estou bem :)

Espero que vc se recupere logo.

beijos

Paula

ps: obrigada pelo comentario no meu post.

Mirella said...

Ich De... nem me fala em tombo. Eu já quase levei vários!!! O inverno sempre tenta nos trapassear... eu sempre tenho medo de dirigir :)
Se cuida.
bjks

Elisabeth said...

Olá!Tudo bem?
Sou fisioterapeuta e gostaria de trabalhar no Canadá. Como faço para conseguir um empreguinho aí, para que eu possa aprender ingles?
Obrigada!e-mail:bethfisio@hotmail.com

Anonymous said...

De!
Passei no teu blog pra matar um pouco as saudades. Mais uma semaninha e tô de volta. Mas que susto esse tombo, né?! Aquele dia estava muito feio, neve, frio, vento....mas enfim, inspirada na experiência dos nossos pequenos amados te digo: ainda bem que a gente não é alta, senão um tombão desses poderia ser pior..rs
Beijão!
Sara