Thursday, July 9, 2009

O dom da palavra

Uma das coisas que mais admiro em muitos canadenses e' a capacidade de se expressar de maneira clara… As vezes chego a pensar: - nossa, mas como essa pessoa fala bem! A principio pensava: - Ele fala bem porque ingles e' a primeira ligua dele… Mas com o tempo fui descobrindo que ter o dom da palavra nao e' saber falar ingles corretamente ou nao. Fiz uma pesquisa intensa e conversei com muitas pessoas sendo elas brasileiros e canadenses.
Percebi que muitos de nos brasileiros temos pavor em falar na frente de multidoes…e saber se expressar claramente e ter o dom da palavra nao e' para qualquer um. Mas porque principalmente no meu ambiente de trabalho aqui no Canada, muitas pessoas falam tao bem?
No meu ponto de vista, e deixo claro aqui que esse e' o meu ponto de vista, esse problema de comunicacao vem la' de tras: da escola!
As vezes comparando abilidades tecnicas, acho que nos brasileiros e muitos imigrantes em geral sao muito mais competentes que os canadenses… mas eles sempre tem o dom da palavra e mesmo muitas vezes fazendo muito menos do que o colega, conseguem se vender e se expressar tao bem numa reuniao que acabam ganhando creditos e a audiencia.
Mas porque eu acho que o problema vem da escola?
Voce ja' deve ter ouvido dizer: - Nossa, o ensino no Brasil e' muito mais forte do que o ensino aqui na North America!
E acho que e' mesmo! Nos e' ensinado ano apos ano muita tecnica: Matematica, Ciencias, Gramatica portuguesa, Historia…. Aprendemos muito e nos e' exigido muito, entao nos sabemos muito da materia, da tecnica, mas quanto a parte humana da coisa: - como se comunicar efetivamente, como escrever efetivamente, tecnicas de apresentacao, como se vender…..nao aprendemos que podemos ser o que quisermos, so' depende de nos… nao aprendemos a ter foco nos nossos objetivos….ler, ler e ler sobre tudo e sobre todos!
Pelo menos lembro na minha epoca de colegio, e sempre estudei em colegios Classe A (coitados dos meus pais que pagaram colegio a vida inteira), nunca fui incentivada a ler livros…. Livros eram sempre uma obrigacao escolar. - Leia que vai ter prova….-Lembro que o colegio fazia uma celebracao quando voce lesse o 1o livrinho. Minha classe nao teve essa celebracao, pois estavamos todos euforicos fazendo barulho!!! :-(
Conversando com muitas amigas que tem os filhos na escola aqui no Canada, chegamos a conclusao, que as coisas aqui sao diferentes: - Os recursos sao dados para que voce corra atras da tecnica se desejar…ou seja: Aqui voce aprende tecnicas de apresentacao, a ler e devorar livros e mais livros, a se expressar de maneira soberba, a escrever bem, a lidar com pessoas, a ser humano, e a se vender! O que mais voce precisa? Of couse voce precisa da tecnica….mas veja so': Se voce gosta de ler e explorar, fatalmente ira' procurar saber sobre tudo: Geografia, Historia, Ciencias…. E com certeza voce nunca vai esquecer, pois aprendeu com seu proprio research….Entao na escola as coisas sao ensinadas mais superficialmente… se voce quiser os detalhes: voce vai atras!
Hoje acredito que a longo prazo o importante mesmo e' voce ter uma comunicacao efetiva e ser seguro de si. Eu sempre gostei de falar em publico, mas sempre fico nervosa. Adoro debates e confronto de pontos de vista diferentes, pois sempre me fazem repensar as minhas conviccoes e mais e mais acredito que nao existe certo ou errado, mas sim diferentes perpectivas e diferentes angulos de ver um problema. Mas inspirada em muitas pessoas que acredito ter "o dom da palavra" e muitos discursos que ja' fui por aqui decidi entrar para o Toastmasters.
Mas o que e' o Toastmasters?
Nao, voce nao aprende a fazer toasts! E' um clube em que voce aprende como se comunicar efetivamente e se tornar um Speaker! Alem disso, eles tem um programa de Leadership. Como sera'? Acho que vou ter que quebrar a principal barreira: - Falar em publico e em ingles! Meu maior medo e' como organizar minhas ideias de maineira clara o suficiente e como se expressar como um Speaker se expressa! Wow!!! Sera' um challenge enorme pra mim mas com certeza um goal pessoal!
Minha inspiracao brasileira: Michel Cubric!
Com certeza quero dividir com voces o meu proximo capitulo….
Abracos a todos,
Denise

6 comments:

Fernando Montenegro said...

De,

Mais de um livro que li jah comentou que tem gente que coloca falar em publico no memso nivel de stress de morrer! Ve se pode...

Parabens pela iniciativa. Boa sorte no Toastmasters!

[]s!

paula said...

Oi De,

Nossa que coincidencia!!!! Acredita que hoje eu fui fazer um assessment com um especialista em reduzir sotaque em Toronto(Um goal pessoal meu) e o professor Mr. Andrew Hinkle (gostei muito por sinal) me disse que eu nao preciso melhor o meu sotaque. (Fiquei super feliz)Mas ele disse que eu tinha que aprender a falar com confianca (como os Canadenses) e me recomendou o Toastmasters.

Fiquei super interessada e acho que vou fazer tambem. Quem sabe nao te encontro numa reuniao....?

beijos

Paula

Chocólatra said...

Denise,
Isso realmente é uma coisa que os norte-americanos trabalham bem! Nos destacamos qdo vamos estudar na escola deles mas eles investem bem mais nos talentos individuais! Fico feliz que minha filha terá uma educação canadense!
Bjkas

Familia 4M said...

De
Amei o post e concordo em genereo, nr e grau!
Os americanos e canadenses são os maiores vendedores que existem
Por acaso esse Michel Cubic é o mesmo do banco?
Bjs

Renata, Dory e Olívia said...

Denise, obrigada pelos seus comentarios no blog e pela forca que sempre me da.
Vou enviar um email pra vc e a gente marca um encontro num parque um dia desses.
Bjs

Marilena said...

Eu sempre me questiono muito sobre escola e educação para as crianças. Sempre comparo muito com o que tive e presto muita atenção nas coisas da escola das crianças. Tenho observado exatamente o que vc falou aqui. A escola das crianças no Brasil era de classe A, método construtivista mas eu não via um incentivo efetivo à leitura. Tinha a biblioteca, eles levavam um livrinho por semana pra casa e só. Aqui em três meses na escola o Edu entrou em contato com dezenas de livros. Ele trazia um pra casa e quando eu devolvia ele já vinha com outro. Sem contar as listas que eles mandavam com preços "ridiculos". E os assuntos são diferentes. Eu me lembro de ter procurado em todas as livrarias que conheço livros que falassem de insetos e outros animais. Encontrei um da turma do sitio do pica pau amarelo mas para crianças maiores. Aqui encontrei uma grande variedade, com figuras lindas e explicando as coisas de uma maneira que mesmo as crianças pequenas conseguem entender.
É uma visão diferente das coisas mas a maioria dos pais não conseguem perceber e por isso muitas vezes são incapazes de questionar. Acho que seu blog vai ajudar muita gente neste sentido.

bj